FGTP COMUNICA | FGTP
Foto Tiro de Rifle1 Foto de Paulo R. Oliveira Foto Tiro de Rifle3 Foto de Paulo R. Oliveira Foto Tiro de Rifle5 Foto de Paulo R. Oliveira Foto Tiro de Rifle7 Foto de Paulo R. Oliveira Foto Tiro de Rifle9 Foto Tiro de Rifle10

FGTP COMUNICA

FGTP COMUNICA

Cancelamento de Prova Light!

Informamos aos atiradores de Light que a prova que seria realizada em Santa Cruz do Sul, nos dias 04 e 05 de novembro, por motivos técnicos, foi cancelada. O Clube está procurando resolver o problema para que no ano vindouro possa novamente sediar provas.

 

 

ATENÇÃO ATIRADORES!

Novo procedimento para solicitação de autorização para aquisição de arma.

O SFPC-3 em nova comunicação informa que houve alteração no processo para aquisição de arma, abaixo acesse o procedimento válido.

Qualquer dúvida entrar em contato com a Federação.

 

Modificação de data

COMUNICADO AOS ATIRADORES DE RIFLE!

No dia 30 de setembro será realizada a prova do Sul-Americano de Rifle, em Tupanciretã, sendo que diversos atiradores do Tiro Prático irão participar. Assim, para que não haja baixa frequência na prova do ranking Gaúcho, que seria realizada no SOCAPESCA nessa data, fica a mesma transferida para o dia 28 de outubro.

Comunicação Importante!

O Exército está aceitando as declarações que integram os processos conforme seus modelos, sob pena de indeferimento no processo caso não estejam em conformidade.

 

Portaria 056 - COLOG, DE 05 DE JUNHO DE 2017

COMUNICAÇÃO CBTP

Plano de Segurança, bem como o que dispôs a ITA Nº 10 DE 04 DE JULHO DE 2017, aplicável às entidades que possuem estandes de Tiro

Às entidades de administração do desporto (Federações) e entidades de prática desportiva (Clubes) do segmento do tiro prático

Assunto: Portaria 056 - COLOG, DE 05 DE JUNHO DE 2017 que dispõe sobre os procedimentos administrativos para a concessão, a revalidação, o apostilamento e o cancelamento de registro no Exército e INSTRUÇÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA Nº 10, DE 4 DE JULHO DE 2017.

DA PORTARIA 056 - COLOG, DE 05 DE JUNHO DE 2017

A Confederação Brasileira de Tiro Prático vem por meio da presente comunicar a todos os seus associados que a Portaria 056 - COLOG, DE 05 DE JUNHO DE 2017 criou a obrigatoriedade de se estabelecer um Plano de Segurança para todas as entidades que guardem armas de fogo e munições. (Artigos 63 a 66 da Portaria 056 de junho de 2017).

O Plano de Segurança é o planejamento e a implementação das medidas de segurança consubstanciado na planta geral do terreno onde está localizado o depósito, com a observância das distâncias mínimas do local de armazenagem de PCE ou de área perigosa até áreas habitadas ou ferrovias e rodovias e visa oferecer proteção contra acidentes.

As distâncias mínimas estão previstas no Anexo XV do Decreto 3.665 de 2000, Regulamento para a Fiscalização de Produtos Controlados - R-105.

O Plano de Segurança deverá abranger os seguintes aspectos previstos nos incisos de I a VII do art. 66 da portaria 056 e no que couber a atividade desenvolvida pela entidade:

I - análise de risco das atividades relacionadas a PCE;

II - medidas de controle de acesso de pessoal a locais e sistemas;

III - medidas ativas e passivas de proteção a patrimônio, a pessoas e conhecimentos relacionados a atividades com PCE;

IV - medidas preventivas contra roubos e furtos de PCE durante os deslocamentos e estacionamentos, no caso do tráfego de PCE;

V - medidas de contingência, em caso de acidentes ou de detecção da prática de ilícitos com PCE, incluindo a informação à fiscalização de PCE;

VI - medidas de controle de entrada e saída de PCE; e

VII- previsão de capacitação e de treinamento do pessoal para a execução do Plano de Segurança.

A referida Portaria foi publicada no Boletim do Exército nº 26/2017 em 30 de junho e entrou em vigor em 30 de julho de 2017.

DA INSTRUÇÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVA Nº 10, DE 4 DE JULHO DE 2017 que dispõe sobre apostilamento ao registro e atualiza as atividades com tipos de PCE, previstas na Portaria nº 56-COLOG, de 5 de junho de 2017.

A ITA Nº 10 de 04 de julho de 2017 dispôs sobre a documentação para apostilamento de estande de tiro ao registro de pessoa jurídica.

O §1º do artigo 9º estabelece que a documentação para apostilamento de estande de tiro de que trata o caput compreende:

I – autorização do poder público municipal quanto a sua localização; e

II – comprovação das condições de segurança operacional do estande.

O §2º do artigo 9º dispôs que as condições de segurança de que trata o inciso II do caput podem ser atestadas por engenheiro inscrito regularmente no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA), mediante Anotação de Responsabilidade Técnica (ART).

O artigo 12 da referida ITA 10 estabeleceu o prazo de trezentos e sessenta e cinco dias, a contar da data de entrada em vigor da referida Instrução, para que o prestador de serviço-procurador e as pessoas jurídicas que exercem atividades com explosivos se adequem à Portaria 56-COLOG/2017, no que se refere às exigências relativas ao registro no Exército.

Por fim, informamos que esta Confederação está à disposição de todos os seus associados para assessorá-los na elaboração do Plano de Segurança previsto na Portaria 056, bem como sobre quaisquer esclarecimentos pertinentes a ITA nº 10 a fim de que todos os associados à esta Confederação estejam rigorosamente aptos ao registro de estandes de tiro, bem como à guarda de armas e munições.

Cordialmente,

Demetrius Oliveira

Presidente da CBTP

 

Pedidos Consolidados

Data: 10/DEZ/17 - IX Etapa IPSC e XVI IPSC Light!
Local: Clube de Tiro e Caça de BAGÉ -Pedidos até 28/08/2017  
Reservas através do site www.psaconsult.com.br

ATENÇÃO!

Por solicitação do Exército- SFPC-3, alertamos aos atiradores adquirentes de armas, que as mesmas só podem ser retiradas do fornecedor (lojas e indústrias) após o registro e o cadastramento da arma no SIGMA. Necessário portanto, que os adquirentes procedam o registro imediatamente ao recebimento da Nota Fiscal para evitar que as armas fiquem estocadas nas lojas e/ou fábricas. Convém permanecer em contato com os fornecedores para obtenção da Nota Fiscal, permitindo, assim, o encaminhamento do registro no SFPC-3.

 

Alertamos a mensagem contida no site do SFPC-3

Atenção Senhores Colecionadores, Atiradores e Caçadores

Verifiquem a data de vencimento de seu Certificado de Registro (CR), pois a falta de pedido de revalidação implicará o seu cancelamento, sujeitando o registrado à instauração de processo administrativo, com as consequências previstas nos art. 238, 239 e 241 do R-105.

Filiação FGTP

Em razão de sistemática falta de documentos originais a serem enviadas à Federação pelos atiradores que estão se filiando, a partir desta data somente será considerado filiado o associado que tiver entregue toda a documentação necessária, inclusive foto 3x4. Lembramos que só poderão atirar em provas do Ranking da Federação atletas Federados.

09/05/2017

Provas de Shotgun, Rifle e Mini Rifle!

No Shotgun e as provas de Rifle e Mini Rifle, que se realizam juntas, pode o atirador participar das divisões do Rifle, Mini Rifle, e uma divisão de Shotgun, no mesmo evento.

Informamos ainda que estão liberada as inscrições para Rifle Semi Auto, calibre .40. Valores: Primeira inscrição R$ 100,00 demais R$ 80,00 cada.

Atenção Clubes e Atiradores de Saque Rápido!

O SAQUE RÁPIDO segue as regras da Confederação, sendo a única exceção a quantidade de disparos a serem feitas nas provas a 10 metros (indoor) em que a quantidade fica em 30 tiros, sendo as séries nos mesmos tempos que já vinham sendo observadas. Lembramos ainda que deve ser anotado a quantidade de “X “ a serem feitos pelos atiradores.

Ranking Shotgun 2017

Alertamos aos atiradores que as provas de Shotgun seguirão o regulamento da CBTP, o mesmo usado para o Campeonato Brasileiro, excluídas as divisões Production, Production Manual e Cano Duplo.

 

Informativo Rifle

Informamos aos atiradores de Rifle que além da Divisão Carabina 22 Nacional Mira aberta, fica criada também a Carabina 22 Standard Mira Aberta, em que pode ser utilizada Carabina não Nacional (estrangeira) e munição Nacional ou não.

 

Classes 2017

Standard A: Os que atingiram o percentual igual ou superior a 75% do 1° colocado da Standard A em 2016,  ponto de corte 370,93.

Production A: Os que atingiram o percentual igual ou superior a 75% do 1° colocado da Production A em 2016,  ponto de corte 370,63.

Light A: Os que atingiram o percentual igual ou superior a 64% do 1° colocado da Light A em 2016,  ponto corte 611,19.

Informativo 001-2017

Comunicado aos Clubes e Atiradores filiados a FGTP.

 

Informação aos Filiados FGTP

Temos notado, por ocasião dos encaminhamentos das autorizações para compra dos insumos e munições, que alguns dos nossos filiados, para fazerem prova da habitualidade e nas suas declarações de nível, tem apresentado comprovações que se originam na CBTE, FGCT e Clubes, onde atuaram em competições e treinos vinculados a essas entidades. Ainda que filiados a nossa Federação e pertencerem a Clubes também nossos filiados, nunca participaram de provas do nosso ranking ou, quando muito, participaram de uma ou duas.

Em que pese tais atiradores estarem em dia perante o que dispõe a Portaria n° 51-COLOG, de 08 de setembro de 2015, do Exército, não significa, todavia, que estejam aptos a aquisição dos insumos propiciados pela Federação de Tiro Prático.

A oportunidade de participar dos nossos PEDIDOS CONSOLIDADOS de munições e insumos, visa atender aos atiradores que efetivamente participam do ranking gaúcho ou de provas da mesma modalidade, em nossos clubes filiados.

Assim, para a aquisição de insumos, já por ocasião da prova de dezembro, será observada a exigência de participação em ranking de tiro prático da Federação  e/ou de clube filiado. Como estamos ainda em maio, terão oportunidade de participar e cumprir esse requisito.

Tabela de Preços - CAC's

Taurus!

Alteração em regulamento de Rifle

Fica vedada a utilização do freio de boca nos rifles durante as provas do calendário. Na continuidade das provas deste ano de 2015, caso não seja possível retirar o freio de boca, o atirador deverá aguardar para atirar juntamente com os últimos atiradores, de forma a poder ficar afastado dos demais, visando não interferir nas suas performances, nas bancadas vizinhas.

IMPORTANTE: Atualização de cadastro de atirador

A FGTP está recadastrando todo o seu quadro de associados.
A partir de outubro, o recadastramento passará a ser requisito obrigatório para a emissão de documentos, declarações e carteira da FGTP com o número do CR.

Contamos com sua colaboração!
FAÇA AGORA SEU RECADASTRAMENTO

Aos Clubes

Ficha de Inspeção para Clubes com provas no Calendário da FGTP!

Revalidação do Certificado de Registro - CR
 
Lembramos que a Revalidação do Certificado de Registro - CR, deve ser protocolado 90 dias de antecedência da data de vencimento.
Aos Clubes

Informamos que é necessário o Alvará de Licença e Fiscalização de Clube de Tiro e Estandes emitidos pela Polícia Civil.

 

Portarias, normas, artigos, etc
Documentação necessária e modelos prontos para diversos processos de regularização de atiradores e armas.